anuncio

anuncio

anuncio

anuncio

anuncio

anuncio
MATÉRIAS
Após 8 anos, lateral Daniel Alves deixa o Barcelona e deve ir jogar na Juventus

14/06/2016 - 08hs00 | Futebol

Daniel Alves
Daniel Alves deixa o Barcelona, onde tornou-se ídolo

Títular absoluto do Barcelona e um dos grandes talentos do time espanhol, o brasileiro Daniel Alves está deixando o clube após oito anos e uma coleção invejável de títulos. O lateral direito sai como ídolo e como um dos melhores de sua posição a ter vestido a camisa do clube.

O jogador de 33 anos, que também é titular da seleção brasileira e disputou a Copa América Centenário, deve ter como destino a Juventus. O próprio atleta declarou, após o empate do Brasil com o Equador no torneio continental, ser real a possibilidade de jogar no clube italiano, embora ainda não tenha assinado: "estou a ponto de assinar", disse. A razão da saída seria deixar a "posição de conforto" no clube espanhol, onde comemorou 23 títulos em oito temporadas.


Daniel Alves foi 6 vezes campeão Espanhol (2008-09, 2009-10, 2010-11, 2012-13, 2014-15, 2015-16), ganhou 4 Copas do Rei (2008-09, 2011-12 e 2014-15, 2015–16), 4 Supercopas da Espanha (2009, 2010, 2011 e 2013), 3 Liga dos Campeões (2008-09, 2010-11 e 2014-15), 3 Mundiais de Clubes (2009, 2011 e 2015) e 3 Supercopas da Europa (2009, 2011 e 2015).


Vítima de Racismo


Em meio a tantas vitórias, Daniel Alves teve um episódio marcante em sua passagem pelo Barcelona, quando foi vítima do abominável crime de preconceito racial. Em 27 de abril de 2014, numa partida contra o Villarreal, um torcedor do time adversário jogou uma banana no jogador no momento que ele cobraria um escanteio. Num gesto curioso e imediato, Daniel comeu a fruta em pleno jogo (veja vídeo abaixo) e continuou a partida normalmente. A reação diante do ocorrido mobilizou uma grande campanha contra o racismo no futebol.


Giro do Esporte - 2016        Home | Matérias | Campinas | Agenda | Brasileirão | Resultados | Memória | Contato        Proprietária: Érica Tito / Web Designer: Rafael da Silva Polato