anuncio

anuncio

anuncio

anuncio

anuncio

anuncio
MATÉRIAS
Em jogo histórico, Cleveland Cavaliers vence Warriors e adia decisão da NBA com atuação mágica de LeBron e Irving

14/06/2016 - 10hs35 | Basquete

Em casa, o Golden State Warriors precisava da vitória para sagrar-se bi campeão da NBA. Com a série em 3 a 1, a noite era propícia para o time de Klay Thompson e Stephen Curry comemorarem o título. No entanto, o quinto jogo da final mostrou-se equilibrado e no fim, o Cleveland Cavaliers estragou a festa da torcida que antes mesmo do fim do jogo deixava a Oracle Arena. A NBA ainda não conheceu o campeão da temporada, mas acompanhou um jogo para a história do melhor basquete do mundo.


No início os Warriors impuseram um ritimo acelerado a partida enquanto do Cavaliers mostrava eficiência na defesa. Iguodala, substituto de Draymond Green que cumpria suspensão por uma falta no jogo anterior, começou bem no jogo bem como outros reservas do Warriors que foram entrando, entre eles os brasileiros Anderson Varejão e Leandrinho. Mas o Warriors não conseguiam abrir grande vantagem no placar que se manteve equilibrado. Ao fim do 1º quarto, o Golden State Warriors vencia por 32 a 29.


No segundo quarto, logo de cara, o Warriors viram o Cavaliers abrir 7 pontos. Neste momento, Curry estava no banco, mas voltou a quadra após pedido de tempo. Mas foi Klay Thompson quem mostrou estar com boa pontaria. O jogador do Warriors começou a disparar bolas de 3 muitas vezes perto do meio da quadra. Foram 6 lances convertidos de três pontos na partida. Ainda que não tenha feito nenhum chute de 3 durante todo o segundo quarto, o Cavaliers equilibrava a partida com LeBron James, que liderava o time. Os Warriors diminuiram o rítimo, o Cavaliers não desistiu - apesar dos erros que cometia - e no fim do segundo quarto, o jogo estava empatado em 61 a 61.


Se até a metade do jogo houve equilibrio, as coisas começaram a mudar. Bogut, do Warriors, se machucou e deixou a quadra carregado. Foi a brecha que o Cavaliers precisava para disparar no placar com o protagonismo de LeBron e Tristan Thompson. Abriram 10 pontos de vantagem durante o terceiro quarto e fecharam o mesmo em 93 a 84. No ultimo quarto outro nome também brilharia: Irving. Com sua atuação magistral, o Cleveland Cavaliers fechou o jogo em 112 a 97.


Em quadra, LeBron e Irving somaram 82 pontos durante o jogo (41 cada). Foi a primeira vez que dois jogadores de um mesmo time superaram a marca de 40 pontos. De fato, LeBron carregou o Cavaliers, mas não há como contestar o desempenho impressionante de Irving no último quarto, quando fez 12 pontos. Juntos, transformaram a noite num espetáculo e ajudaram em muito a dar fôlego ao Cavaliers, mais vivo do que nunca na decisão. Ja o Warriors acabou enfraquecendo ao longo da partida. Klay Thompson fez 37 pontos e Stephen Curry marcou 25, no entanto isso não foi suficiente.


Na história da final, nunca uma equipe jamais reverteu uma desvantagem de 3 a 1. Com a vitória, o Cleveland Cavaliers diminuiu a vantagem dos Warriors na série, que agora está em 3 a 2 a favor do time de Curry. A vitória de ontem obriga a realização do sexto jogo (na quinta, 16/06, em Cleveland), onde o Warriors ainda tem chance de ser campeão evitando um sétimo jogo. Mas LeBron e Irving mostraram que ainda existe esperança ao Cavaliers.

Giro do Esporte - 2016        Home | Matérias | Campinas | Agenda | Brasileirão | Resultados | Memória | Contato        Proprietária: Érica Tito / Web Designer: Rafael da Silva Polato