anuncio

anuncio

anuncio

anuncio

anuncio

anuncio
MATÉRIAS
São Paulo perde para o Atlético Nacional no Morumbi e se complica na semifinal da Libertadores

07/07/2016 - 00hs30 | Futebol

Libertadores

Foi uma noite que o torcedor são paulino não vai esquecer tão cedo. A derrota para o Atlético Nacional, da Colômbia, frustrou o Morumbi lotado (61.766 torcedores) e complicou em muito a vida do São Paulo na Libertadores. No primeiro jogo entre as duas equipes, válido pela semifinal da competição, o tricolor paulista até que começou bem a partida e nos primeiros quinze minutos pressionou, criando três chances de gol que acabaram não se concretizando.

Depois disso, o Atlético Nacional começou a melhorar e foi aos poucos equilibrando a partida. O tricolor diminuiu o ritimo de jogo e ficou 19 minutos sem chutar a gol, enquanto o adversário finalizou 3 vezes. No fim do primeiro tempo, o São Paulo voltou pro jogo e teve a melhor oportunidade de abrir o placar com Michel Bastos. Mas a bola foi defendida pelo goleiro colombiano Armani. Ytalo, que substituiu Ganso, mal participou do jogo na primeira etapa e deixou o torcedor com saudade do jogador, que está contundido e também não joga a segunda partida da semifinal.

O segundo tempo começou com e o São Paulo ficou acuado. A pressão do Atlético Nacional veio com três chances de gol em três minutos: aos 12 minutos, contra-ataque colombiano, a bola deviou em Maicon e foi pra fora; aos 13 minutos, Borja, de cabeça, mandou na trave tricolor após cobrança do escanteio; aos 14 minutos, Dênis evitou o gol com boa defesa. O Atlético Nacional continuou levando mais perigo e somente aos 27, Michel Bastos chutou com perigo e exigiu que Armani fizesse boa defesa.

A vida do São Paulo na Libertadores começou a ganhar contornos dramáticos aos 28 minutos. Maicon, contratado como reforço do São Paulo para a temporada - pelo valor astronômico de 22 milhões de reais - foi responsável por um lance infantil. O zagueiro são paulino empurrou a cara de Borja na frente do árbitro e recebeu cartão vermelho direto. Com um a menos, o São Paulo recuou para evitar que o Atlético Nacional chegasse ao gol. Mas o São Paulo se perdeu em campo. Tranquilo, o time colombiano tocava a bola e aos 36, o mesmo Borja do lance da expulsão, abriu o placar no Morumbi cara a cara com o goleiro Dênis. O Atlético Nacional seguiu pressionando e após passe de calcanhar, Borja ampliou o placar.

Fim de jogo no Morumbi, 2 a 0 para o Atlético Nacional e o São Paulo se vê numa situação delicada. Na próxima quarta, vai jogar em Medelin, na casa do Atlético Nacional e precisará vencer por 3 a 0 para garantir a classificação direta para a final (ou dois gols de diferença desde que faça 3 gols - 3 a 1, 4 x 2, etc.). Se vencer por 2 a 0, leva a decisão para as penalidades. O Atlético Nacional pode até perder por 1 a 0 que garante vaga na final. Pelo futebol apresentado e o desempenho fora de casa na temporada, o São Paulo terá uma missão muito difícil pela frente.

Giro do Esporte - 2016        Home | Matérias | Campinas | Agenda | Brasileirão | Resultados | Memória | Contato        Proprietária: Érica Tito / Web Designer: Rafael da Silva Polato